Ipad

Quer ficar bem informado sobre os seus direitos e ter acesso a artigos jurídicos numa linguagem fácil diretamente no seu e-mail?

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!

Como a ansiedade atrapalha 
a alta performance

Olá, tudo bem?

É um prazer começar minha participação aqui nesse blog jurídico que tem reunido pessoas interessadas não apenas no universo do Direito, como também na alta performance no dia a dia e até na área acadêmica.

Eu sou Camylla Costa, psicóloga clínica e palestrante de cura emocional sistêmica. Desde 2011, trabalho com grupos em treinamentos e atendimentos para ajudar cada pessoa a entender a integralidade do seu ser, ou seja, perceber que, em meio a vida, na busca incessante por resultados, algumas derrotas e vitórias, somos energia, somos um corpo que recebe impacto do ambiente que vivemos e, principalmente, da qualidade dos nossos pensamentos e emoções.

Essa é uma realidade que ninguém está habituado a pensar. Infelizmente, é mais fácil negar o que precisa de entendimento e grita silenciosamente por socorro dentro de nós.

Vejo todos os dias no consultório, casos de pessoas que possuem uma demanda emocional interna para ser trabalhada, e essa demanda se manifesta em cansaços, desânimo e até doenças físicas, ou seja, são completamente perceptíveis. No entanto, a pessoa continua a viver uma vida de negação, acreditando que todos esses sinais e sintomas são apenas partes pontuais que necessitam de medicação e mais nada.

Enquanto isso, silenciosamente, a alma grita por socorro e, ao invés de ouvirmos, colocamos para nós que vamos trabalhar mais, nos desesperamos para encontrar uma solução racional para nosso dilema, quando na verdade, tudo que a nossa alma queria, era apenas um pouco de silêncio, de atenção e uma postura de acolhimento da nossa parte.

E acolher não necessariamente é resolver. O problema da ansiedade está justamente nisso! 

A Organização Mundial da Saúde fez um estudo em 2018 que mapeou o Brasil como o país mais ansioso e deprimido da América Latina. A ansiedade se tornou o mal do século, que ninguém quer ter, e no primeiro sinal que ela está se aproximando, todos já correm desesperadamente através de uma solução que não está disponível em lugar nenhum ou em profissional nenhum.

E talvez você se questione: 
"Mas, Camylla, como assim a solução não está disponível em lugar nenhum?"

Na corrida desleal da vida, queremos o emprego dos sonhos, o carro do ano, a família feliz e também queremos ser aceitos pela sociedade. Se for preciso mudar a nossa essência para alguém nos aceitar e reconhecer, fazemos isso sem pedir permissão para nós mesmos. Se for necessário adiar um sonho do coração para receber uma promoção no trabalho apenas por status, assim fazemos. Você pode ainda não ter percebido isso, mas a verdade é que nós adoecemos pelos nossos desejos. 
 
A medicina antroposófica nos mostra essa questão com propriedade e isso também é bíblico. Há um provérbio que nos fala que a esperança adiada, adoece o coração.Então, se não temos o que desejamos, entramos em uma dilema interno que tem várias fases: começa com um conflito e termina em um caos emocional.

A respiração é curta e rápida, o padrão de sono não é mais o mesmo, cada vez mais você quer doces, bebidas alcoólicas, substâncias que te tragam a sensação de bem-estar e que viciam seu organismo a consumir cada vez mais e fazer no seu corpo um falso estímulo.

Enquanto isso, lá está o seu psiquismo, te mostrando através de pensamentos, sensações, sentimentos, tudo aquilo que você não abre espaço conscientemente para trabalhar. Você apenas consegue medir se você está ou não no padrão de alta performance estabelecido pelo mundo ou se você tem os recursos que as pessoas que publicam no Instagram demonstram ter.

Isso gera a tão temida ansiedade e os primeiros sintomas são esses. Os secundários são as formas rápidas de resolução. Você não pode parar para ouvir sua alma, mas precisa rapidamente resolver essas questões. Então, você opta pelo mais rápido. Acreditem, isso não é um defeito. Isso é apenas a racionalidade. Sua mente percebe que você está em perigo e, não doutrinada o bastante para entender que o médio e longo prazo são mais importantes do que o curto, você simplesmente recorre ao caminho de luta e fuga. E esse caminho, às vezes, é recorrer à alopatia.

Começa com um ansiolítico, depois um antidepressivo e assim vai evoluindo. A alopatia é necessária, mas não mostra o caminho definitivo. E o caminho definitivo é o mais simples que você nunca se importou: parar, aceitar o seu conflito e escutar o que ele tem para mostrar sobre você.Esse é o caminho simples, mas não é fácil. Se fosse fácil você não estaria lendo esse artigo.

A alta performance é aquele estado de “flow”, onde você está 100% imerso, em estado de atenção plena ao que está fazendo e com um engajamento total e absoluto por aquela atividade. É aquele bem-estar, aquela mente produtiva, as ideias borbulhando, uma fertilidade absoluta em vários níveis: no físico, no emocional e no espiritual. E, então, nesse estado as coisas nascem, projetos são criados, você coloca seus dons e talentos à disposição, você começa a contaminar positivamente as pessoas ao seu redor, as pessoas se espelham em você, você sente que está realizando sua missão de vida porque consegue reconhecer que você verdadeiramente foi chamado para isso e...seu sucesso acontece! Não da forma como os livros contaram ou como as pessoas esperavam que fosse, mas da forma como sua alma te mostrou que era para você fazer nesta vida!

Pare por um minuto, leia o parágrafo anterior novamente e imagine como seria magnífico você poder experimentar esse estado todos os dias na sua vida! Veja mesmo, se imagine dentro dessa cena com cores, sons, cheiros e depois abra seus olhos e perceba como todo o seu corpo se transforma.
E agora eu te pergunto: como conseguir tudo isso que descrevi acima com uma mente abarrotada de pensamentos automáticos negativos, como conseguir esse estado negando partes de você que não estão escondidas, elas dão sinais todos os dias, mas você não quer ver...

A ansiedade surge assim, quando você perde a sua linha de autonomia, não sabe reconhecer o que está acontecendo na sua mente agora e o que essa situação pontual de conflito que você vive, pode se desdobrar em outras áreas da sua vida.

Tudo isso se junta, ora consciente, ora inconscientemente e uma carga de cortisol (o hormônio do estresse) é liberado pouco a pouco no seu corpo todos os dias e a produtividade cai. Você vai cometendo dia após dia, um "suicídio em gotas". Querendo continuar bem em tudo que faz sem perceber que nada mais está bom e que as coisas só vão se alinhar se você parar e aceitar o que está acontecendo HOJE na sua vida.

É assim que a ansiedade atrapalha a alta performance e é por isso que eu falei que a fórmula para isso não está nos livros e nem nos profissionais da saúde. Afinal, quem melhor do que você mesmo, sua alma e sua sabedoria interior para apontar o caminho? Como eu vou te direcionar para um caminho se só você mesmo sabe o que se passa aí dentro?

É assim que a psicoterapia convencional trabalha, para te ajudar a chegar nesses emaranhados que você mesmo causou em algum momento da vida. Quando você fica frente a frente com os sintomas, conflitos, dúvidas, mágoas e ressentimentos, eles podem trabalhar a seu favor. A ansiedade nada mais é do que uma parte de você que está sedenta por sua atenção e quer se comunicar.

Tal como uma criança que ainda não sabe nada da vida, ela se comunica de maneira simbólica, com sintomas, sensações de pânico, medo, falta de interesse, coração acelerado, insônia. Mas, tão logo você comece a doutriná-la e abre caminho para uma comunicação direta, ela mostra outras pistas que te levarão em direção à autonomia.

Se você sofre com a ansiedade, depressão, transtornos de humor ou outras questões mais profundas, apenas pare, silencie e deixe fluir. Se você não negar sua condição, você vai amadurecer demais nesse processo. Quando um paciente chega para mim chorando ou achando que sua vida não tem mais jeito, eu digo a eles que essa é uma oportunidade única que a vida está apresentando e nada poderia ser mais íntimo e intenso do que esse conflito.

Há algo magnífico na sua ansiedade e será ela que te levará ao próximo nível até que você atinja esse estado de alta performance no que você decidir escolher para a sua vida!

Por enquanto, isso é o máximo que eu posso entregar neste artigo. Mas, você que leu e sentiu que tudo fez total sentido pra você, te convido a estar comigo hoje, às 20h, numa aula gratuita e ao vivo que vou ministrar pelo meu canal do Youtube. Na aula de hoje vou falar sobre como você pode parar de negar o que precisa de mudança na sua vida e reconhecer suas próprias sombras. Tem algo bem legal que eu separei para te mostrar o quanto de energia vital você gasta quando está sofrendo com ansiedade e nega esse processo!

Quer assistir? Basta clicar neste link e definir o lembrete! Coloque também o relógio pra despertar às 19h57, ok?

Aqui está o LINK: https://youtu.be/IPTO5ebzTKA

A live também será transmitida pelo Instagram: @palestrantecamyllacosta

Beijos,

Camylla Costa

Gostou do artigo?
Insira seu e-mail abaixo para receber nossas novidades